PUBLICIDADE
Almofadas do Coração são entregues a instituições que atendem pacientes em tratamento de câncer de mama
23/10/2020 08:44 em Variadas

Como já é tradicional no Outubro Rosa, as Almofadas do Coração confeccionadas pelos socioeducandos e funcionários da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase) foram entregues a pacientes em tratamento do câncer de mama no Grupo Hospitalar Conceição, no Hospital Santa Rita e na Casa Camaleão, todos em Porto Alegre.

As almofadas fazem parte de projeto desenvolvido pela Fase desde 2014, por meio das oficinas do Centro de Convivência e Profissionalização (Ceconp). As entregas costumavam ocorrer com uma apresentação musical dos socioeducandos e servidores da fundação. Eles cantavam a música-tema da campanha, “Ceconp Rosa”, escrita pelo agente socioeducador Vagner Santos. Também era realizada a Caminhada Pela Vida. As ações tiveram de ser alteradas em razão da pandemia.

“Este ano, tendo em vista a relevância do projeto para a prevenção do câncer de mama e a sensibilização para o autocuidado, bem como a importância dos jovens em fazer oficinas e aprender sobre a necessidade desse cuidado com sua família, resolvemos realizar o projeto de forma virtual”, afirma Rochele Neves, diretora do Ceconp.

Almofadas coração 2a
Hospital Santa Rita, no Complexo da Santa Casa, na capital, foi uma das instituições que recebeu as almofadas - Foto: Divulgação

Para isso, as unidades participantes – Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Padre Cacique, Porto Alegre I, Casef, Comunidade Socioeducativa (CSE) e Semiliberdade Orgânica Masculina de Porto Alegre –, receberam vídeos de agentes socioeducadores explicando o histórico do projeto e ensinando como confeccionar as almofadas. Foram preparados kits com os materiais para confecção da almofada e entregue aos Cases. Ensaios remotos da música e uma palestra virtual com o médico mastologista Ademar Bedin também foram promovidas.

Com a impossibilidade de realizar as apresentações musicais e a passeata em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus, as pacientes estão recebendo um videoclipe da música-tema que mostra o passo a passo para produção das almofadas neste ano. “Nos momentos mais difíceis, pedimos um abraço, um sorriso, um estender de mãos e uma nova chance. As almofadas feitas com carinho e amor são recheadas de todas essas características da esperança e fortalece a todos”, disse o presidente da Fase, Antônio Carlos Rocha Almeida.

Conforto na recuperação

A ideia das almofadas do coração começou nos Estados Unidos. Foi divulgada por Janet Kramer Mai, depois de ter passado por uma cirurgia de câncer de mama em 2002 e testado o conforto da almofada na recuperação. No Brasil, chegou em 2010, através de Ondina Almida Posiadlo.

O Ceconp, desde 2014, realiza o projeto com adolescentes de ICPAE (Internação com Possibilidade de Atividade Externa), e com os funcionários. Este ano, as almofadas foram finalizadas dentro de cada unidade participante e entregues às instituições pela pedagoga do Ceconp Lilian Locatelli e o agente socioeducador Cleoson Roberto.

Secom - GOV  RS

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE