Santa Casa : Instituto Viva Mais Divulga Nota
14/01/2019 11:28 em Variadas

Direção do Instituto Viva Mais divulga esclarecimentos.

Esclarecimento sobre a situação dos contratos de trabalho dos colaboradores da Santa Casa de Rio Grande e de outros débitos da ACSCRG :

A Direçao do Instituto VIVA MAIS vem a público esclarecer dúvidas dos colaboradores , dos credores , demonstrando as perspectivas de solução completa para pagamento dos débitos da Associação de Caridade Santa Casa de Rio Grande .

1- Não haverá nenhum prejuízo para as pessoas que trabalham para a Associação de Caridade Santa Casa de Rio Grande , pois todos os contratos serão mantidos e continuados . Não haverá rescisão e sim assunção dos contrato de trabalho pelo Instituto Viva Mais .

2-As Vantagens ou direitos adquiridos(quinquênios e outros adicionais ) serão mantidos no IVM.

3-A ACSCRG pagará aos colaboradores da Santa Casa os salários em atraso, férias e décimo terceiro com os recursos da produção, incentivos e aluguéis .
Todos receberão seus direitos o mais breve possível , de acordo com as entradas no caixa. A previsão é que a partir de março, o Governo do RS já comece a normalizar os pagamentos aos hospitais que atendem pelo SUS.

4-Os Débitos com FGTS dos colaboradores também serão regularizados junto à CEF através de um parcelamento de até 60 meses. E será antecipado o pagamento do parcelamento do FGTS dos funcionários que forem demitidos durante o parcelamento.

5- O Governo Federal liberou uma linha de crédito de cinco bilhões de reais para os hospitais filantrópicos fazerem suas reestruturações, modernização e para regularizarem os de seus débitos bancários, trabalhistas e com fornecedores .
A Santa Casa de Rio Grande participará deste programa e irá quitar todos os débitos com a Justiça do trabalho, CEF, BANRISUL , com o FGTS, com os fornecedores. Esse crédito será direto com o BNDES, em 20 anos e com juros de 9% ao ano .

6-A ACSCRG conseguiu a adesão ao PROSUS e pagará 95% dos seus débitos tributários com o atendimento médico hospitalar a paciente.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE