Palestra sobre acidentes no trabalho é realizada a profissionais da Saúde
10/07/2024 08:57 em Variadas

Os acidentes de trabalho no município do Rio Grande em 2023 e conforme notificações emitidas por profissionais da Saúde da rede pública e privada somaram 1.127 casos. Esse foi um dos dados apresentados pela Vigilância em Saúde do Trabalhador, durante a palestra para profissionais da Secretaria da Saúde (SMS) que atuam nas unidades básicas da rede municipal. 

A atividade expôs às unidades básicas de Saúde os acidentes de trabalho identificados nos seus territórios ao longo do ano passado. O evento reforçou, ainda, os conceitos e caracterização desses acidentes, além de fomentar o uso das notificações compulsórias, “aprimorando, assim, o olhar dos profissionais da Saúde aos trabalhadores acolhidos, cotidianamente, nas UBSFs”, afirmou a coordenadora da Vigilância em Saúde do Trabalhador da SMS, Alessandra Leal. Ela fez a apresentação do boletim anual divulgado pelo órgão municipal que tem o propósito de dar visibilidade aos dados da acidentalidade do município. A exposição dos dados e outras orientações ocorreu no Salão Nobre Deputado Carlos Santos, da Prefeitura Municipal, na tarde de quarta-feira (3).

Além de apresentar várias informações do boletim sobre os serviços executados pela Vigilância em relação aos acidentes de trabalho do ano passado e os devidos encaminhamentos pelas equipes da rede pública de Saúde referente ao preenchimento das notificações envolvendo todos os tipos de casos, a coordenadora exemplificou situações nas quais trabalhadores sofreram acidentes e necessitaram ser orientados pela Vigilância sobre seus direitos.
DADOS

Durante a palestra, foram citados os principais tipos de casos notificados junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), em 2023, que constam no boletim anual. De acordo com os dados, foram registradas 1.127 notificações de agravo relacionados ao trabalho ocorridos no município, caracterizadas como acidentes típicos, acidentes de trajeto, doenças ocupacionais e doenças relacionadas ao trabalho. Deste total, 928 notificações foram decorrentes de acidentes de trabalho (confira significado abaixo) envolvendo causas externas de morbidade e mortalidade, predominantemente acidentes típicos. Os demais foram: exposição a material biológico (153), intoxicação exógena (15), violência relacionada ao trabalho (11), notificações via RINA (Relatório Individual de Notificação de Agravos) (8), notificações de transtorno mental (8) e casos de LER/DORT (4). 

Entre os acidentes por prevalência de ocupação profissional, 117 casos envolveram técnicos de Enfermagem, ou seja, trabalhadores que sofreram acidentes de trabalho e foram notificados desempenhando essa ocupação que se destacou entre todas as notificações relacionadas a acidentes de trabalho em 2023. As outras notificações que tiveram prevalência na área ocupacional foram: 64 casos envolvendo mecânicos, 64 com trabalhadores na área de higienização e 51 serventes de obras.

ACIDENTE DE TRABALHO 

É um evento súbito ocorrido no exercício de atividade laboral, que pode ter como consequência a perda de tempo, dano material e/ou lesões a trabalhador. Pode acarretar dano à saúde, potencial ou imediato, provocando lesão corporal ou perturbação funcional, que causa direta ou indiretamente a morte, a perda ou a redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho.

O boletim divulgado pela Vigilância cita, ainda, a prevalência dos acidentes de trabalho por sexo, idade, partes do corpo atingida, ocupação profissional, atividade econômica, entre outros. Outro dado foi em relação aos óbitos relacionados ao trabalho. Em 2023, 10 trabalhadores faleceram, sendo todos homens com média de idade de 58 anos.

ASSESSORIA -- PMRG

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!