Projeto “Lumina Mundo” é premiado como um dos melhores do estado na área da cultura
24/11/2022 18:19 em Variadas

O Projeto riograndino “ Lumina Mundo: leitura itinerante” foi um dos vencedores da categoria Cultura da 4ª edição do Prêmio Boas Práticas da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). A iniciativa desenvolvida pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer foi a segunda melhor de um total de 43 inscritas na categoria e visa a incentivar o hábito da leitura por meio da distribuição gratuita de livros à população, sem nenhum tipo de exigência ou mesmo necessidade de devolução, estimulando, também, o sentimento de responsabilidade pelo livro e seu destino.

O anúncio ocorreu na noite de quarta-feira (23) em Nova Petrópolis, como parte da programação do Smart Cities Park, o que permitiu que o projeto riograndino fosse conhecido por Prefeitos de todo o Brasil que participam do evento.

O Prêmio Boas Práticas é um instrumento para identificar, reconhecer, disseminar e estimular a realização de práticas bem-sucedidas, inovadoras e replicáveis, desenvolvidas pelos municípios, e que contribuam para a implementação de políticas públicas locais. Ao todo, a ação da Famurs contou com participação de mais de 200 municípios, responsáveis por 564 projetos inscritos. Destes, 45 foram premiadas, em 15 diferentes categorias.

De acordo com o secretário de Cultura, Esporte e Lazer,  Luis Henrique Drevnovicz , trabalhando com descentralização, por meio de um furgão especial, e promovendo a leitura de forma democrática em diferentes espaços do Município, a proposta inova ao incentivar a distribuição gratuita e também pela participação da comunidade nas doações.

“É um projeto inovador, que entrega livros à população, que leva a leitura ao encontro das pessoas. Ao contrário do processo de empréstimo, ele aposta na doação e na livre circulação dos livros entre as pessoas”, afirma.

Sobre o reconhecimento do Lumina Mundo na premiação estadual, o secretário destaca que a premiação coloca Rio Grande em evidência entre as melhores gestões municipais do RS. “Esse é um prêmio de grande importância no Estado. As melhores práticas de administração do Rio Grande do Sul são premiadas e estar entre elas nos coloca entre os municípios que estão transformando a vida da população”, complementa.

Para o Prefeito Fábio Branco essa valorização é importante para reconhecer o trabalho da equipe local, assim como também serve de exemplo para novas propostas.

“É uma iniciativa que serve de estímulo para que possamos fazer cada vez mais bons projetos, com propostas inovadoras. Premiações como essa são importantes para o Município, pelo reconhecimento, pelos resultados alcançados e também para mostrarmos para a população o trabalho que estamos fazendo”, comenta o chefe do executivo.

Sobre o projeto

O furgão Lumina Mundo segue em atividade, percorrendo Rio Grande, participando também dos principais eventos do município, especialmente em feiras livres, como forma de estimular a leitura. Por meio da proposta, os cidadãos podem escolher a obra que mais lhe encantar dentro dos títulos que compreendem a literatura brasileira e seus clássicos, literatura estrangeira, romances, obras espíritas, livros infantis e histórias em quadrinhos (HQ).

Conforme o com a Coordenadora do projeto, Luciana Gepiak, o furgão está disponível e pode se deslocar para qualquer região. Para isso é necessário solicitar a SMCEL por meio de associações de bairro ou lideranças comunitárias.

Ela também ressalta que as doações são muito importantes para manter as atividades. “Doar livros é doar sonhos, o nosso trabalho gira em torno disso. Então dependemos do apoio da comunidade e da iniciativa privada para que a gente possa repassar esses livros para a população”, conta.

Ao serem recebidos, todos os livros passam por manutenção e são higienizados e organizados. O foco do projeto são materiais literários e atualmente a principal demanda é de literatura infantil.

As doações de livros não-didáticos podem ser feitas nos seguintes pontos de coleta:

  • Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Rua General Vitorino, 666);
  • Teatro Municipal do Rio Grande (Av. Major Carlos Pinto, 312);
  • Secretaria do Cassino (Rua Fernando Eduardo Freire, 412);
  • Biblioteca Rio-Grandense (Rua General Osório, 454).

 

O Projeto riograndino “ Lumina Mundo: leitura itinerante” foi um dos vencedores da categoria Cultura da 4ª edição do Prêmio Boas Práticas da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). A iniciativa desenvolvida pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer foi a segunda melhor de um total de 43 inscritas na categoria e visa a incentivar o hábito da leitura por meio da distribuição gratuita de livros à população, sem nenhum tipo de exigência ou mesmo necessidade de devolução, estimulando, também, o sentimento de responsabilidade pelo livro e seu destino.

O anúncio ocorreu na noite de quarta-feira (23) em Nova Petrópolis, como parte da programação do Smart Cities Park, o que permitiu que o projeto riograndino fosse conhecido por Prefeitos de todo o Brasil que participam do evento.

O Prêmio Boas Práticas é um instrumento para identificar, reconhecer, disseminar e estimular a realização de práticas bem-sucedidas, inovadoras e replicáveis, desenvolvidas pelos municípios, e que contribuam para a implementação de políticas públicas locais. Ao todo, a ação da Famurs contou com participação de mais de 200 municípios, responsáveis por 564 projetos inscritos. Destes, 45 foram premiadas, em 15 diferentes categorias.

De acordo com o secretário de Cultura, Esporte e Lazer,  Luis Henrique Drevnovicz , trabalhando com descentralização, por meio de um furgão especial, e promovendo a leitura de forma democrática em diferentes espaços do Município, a proposta inova ao incentivar a distribuição gratuita e também pela participação da comunidade nas doações.

“É um projeto inovador, que entrega livros à população, que leva a leitura ao encontro das pessoas. Ao contrário do processo de empréstimo, ele aposta na doação e na livre circulação dos livros entre as pessoas”, afirma.

Sobre o reconhecimento do Lumina Mundo na premiação estadual, o secretário destaca que a premiação coloca Rio Grande em evidência entre as melhores gestões municipais do RS. “Esse é um prêmio de grande importância no Estado. As melhores práticas de administração do Rio Grande do Sul são premiadas e estar entre elas nos coloca entre os municípios que estão transformando a vida da população”, complementa.

Para o Prefeito Fábio Branco essa valorização é importante para reconhecer o trabalho da equipe local, assim como também serve de exemplo para novas propostas.

“É uma iniciativa que serve de estímulo para que possamos fazer cada vez mais bons projetos, com propostas inovadoras. Premiações como essa são importantes para o Município, pelo reconhecimento, pelos resultados alcançados e também para mostrarmos para a população o trabalho que estamos fazendo”, comenta o chefe do executivo.

Sobre o projeto

O furgão Lumina Mundo segue em atividade, percorrendo Rio Grande, participando também dos principais eventos do município, especialmente em feiras livres, como forma de estimular a leitura. Por meio da proposta, os cidadãos podem escolher a obra que mais lhe encantar dentro dos títulos que compreendem a literatura brasileira e seus clássicos, literatura estrangeira, romances, obras espíritas, livros infantis e histórias em quadrinhos (HQ).

Conforme o com a Coordenadora do projeto, Luciana Gepiak, o furgão está disponível e pode se deslocar para qualquer região. Para isso é necessário solicitar a SMCEL por meio de associações de bairro ou lideranças comunitárias.

Ela também ressalta que as doações são muito importantes para manter as atividades. “Doar livros é doar sonhos, o nosso trabalho gira em torno disso. Então dependemos do apoio da comunidade e da iniciativa privada para que a gente possa repassar esses livros para a população”, conta.

Ao serem recebidos, todos os livros passam por manutenção e são higienizados e organizados. O foco do projeto são materiais literários e atualmente a principal demanda é de literatura infantil.

As doações de livros não-didáticos podem ser feitas nos seguintes pontos de coleta:

  • Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Rua General Vitorino, 666);
  • Teatro Municipal do Rio Grande (Av. Major Carlos Pinto, 312);
  • Secretaria do Cassino (Rua Fernando Eduardo Freire, 412);
  • Biblioteca Rio-Grandense (Rua General Osório, 454).

Assessoria -- PMRG

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE