Restos de poda viram adubo para horta no Ecoponto do Cassino
26/05/2022 13:03 em Variadas

Com o picador de galhos do Ecoponto do Cassino consertado e de volta ao funcionamento aproximadamente 15 cargas de galhos e restos de podas têm sido moídas diariamente. O subproduto é usado para a produção de compostagem usada para adubar a horta pública.

O encarregado do Ecoponto, Armando Guimarães diz que durante o período em que a máquina ficou parada, os galhos foram armazenados para se decompor naturalmente. O processo mecânico de trituração, no entanto, garante melhores e mais rápidos resultados. Para formar o adubo, os restos vegetais são misturados ao esterco – recolhido dos cavalos abrigados no antigo camping municipal – e após 90 dias o material está pronto para ser aplicado.

“O material orgânico produzido é utilizado na horta urbana do Ecoponto e parte segue para uso no Horto Municipal e escolas da cidade. O custo dessa produção é praticamente zero”, diz Guimarães.

 

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

A direção do Ecoponto deve começar nas próximas semanas a promover visitas de escolas ao local com o objetivo de mostrar como o processo de compostagem é feito e, como funciona a horta pública. A ideia é promover a educação ambiental e incentivar as crianças a valorizarem as práticas sustentáveis.

SERVIÇO

O Ecoponto do Cassino está localizado na Rua São Leopoldo e funciona durante toda a semana (sem fechar aos domingos) das 7h às 12h e das 13h às 18h.

Assessoria de Comunicação - PMRG

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE